Sobre a ILDA:

A ILDA nasceu em 2012 como um programa de pesquisa que buscava promover e compreender o uso dos dados abertos na América Latina. Seu trabalho, nessa primeira fase, teve como foco a comunidade, e o desenvolvimento de uma agenda de pesquisa que conseguisse atender aos interesses da região. Nesse processo, foi fundamental um grupo inicial de pesquisadores que abrisse o campo na região em áreas como educação, orçamento público, compras públicas, tecnologia cívica, entre outras. 

Nesta nova fase, como organização desde 2018, a ILDA busca renovar seu compromisso com a pesquisa para resolver os problemas mais complexos da América Latina, promovendo a reflexão sobre como os dados servirão ao desenvolvimento de nossas sociedades. A ILDA desenvolve essa atividade baseada no seu plano estratégico 2018-2020. Dentro dessa estratégia, está desenvolvendo uma busca por novos perfis e tópicos para trabalhar na América Latina.  

Sobre a inscrição

Procuramos candidatos com um forte compromisso com a América Latina, seus problemas e suas soluções, e que considerem as comunidades e seus atores. Procuramos candidatos que possam inspirar outras pessoas com sua pesquisa, gerar impacto, e que assumam com convicção o trabalho em conjunto com as comunidades da região, e que possam oferecer novas perspectivas à agenda de dados na América Latina. 

Qualquer latinoamericano, sem importar onde vive, pode se inscrever no programa de pesquisa. A ILDA procurará uma seleção paritária e sem discriminação, em conformidade com nossos princípios. 

Procuramos pessoas com diversos perfis trabalhando na fronteira de dados e desenvolvimento. A formação acadêmica não será um obstáculo para se candidatar. Profissionais com mestrado ou doutorandos são especialmente bem-vindos. Em todos os casos, esperamos que os candidatos estejam abertos a trabalhar com outras disciplinas (acadêmicas e práticas) e diferentes enfoques metodológicos. 

Procuramos candidatos que promovam uma visão crítica e que possam contribuir com as linhas de pesquisa que a ILDA tem identificado como estratégicas: 

– Uso de dados para à transparência e a melhora dos serviços do governo: como exemplo, uso de dados em questões orçamentárias, contratações, parlamentos, dados no nível setorial, estudos sobre o impacto (ou não) dessas aplicações em setores como saúde, educação, meio ambiente ou migração. 

– Gênero e inclusão: procuramos candidatos que reflitam e apresentem os vieses das bases de dados ou aplicações de distintos atores no momento de representar fenômenos que afetam diretamente mulheres ou grupos vulneráveis. 

– Governança de dados e Inteligência Artificial: Procuramos candidatos que reflitam sobre o estado atual de governança de dados na América Latina e aplicações específicas de IA em setores chave. 

A pesquisa e os termos 

A pesquisa (consultoria) deve ser realizada dentro de um período máximo de 9 meses a partir da data de entrada no programa. Não há restrições em termos da metodologia e do produto final (e não implica seguir formatos tradicionais de pesquisas acadêmicas). Como exemplo (não exclui), o produto final pode ser: 

– Um relatório de pesquisa 

– Um datapaper 

– Um aplicativo web e seu código fonte 

Durante a pesquisa, esperamos que os candidatos selecionados participem de maneira ativa de webinars e espaços virtuais para difundir seu trabalho e estabelecer contato com as comunidades, para que possam aproveitar da melhor maneira a pesquisa. 

Não existem restrições na metodologia, embora todas as pesquisas devam demonstrar um valor agregado em termos de impacto, na compreensão de um tópico, no envolvimento das comunidades com as quais se trabalha, ou em termos de geração de políticas públicas baseadas em evidências. A ILDA promove a participação de grupos vulneráveis tradicionalmente excluídos desses espaços. Da mesma forma, a ILDA garantirá um enfoque paritário e de gênero. 

A supervisão 

O programa será supervisionado administrativa e academicamente pela ILDA. Dentro das possibilidades e interesses, buscaremos nos conectar com os atuais membros da equipe de pesquisa da ILDA. 

Processo seletivo

Um comitê composto por pesquisadores, membros do Conselho da ILDA e pessoas associadas com experiência comprovada desenvolverá a seleção com base na prioridade do tópico escolhido, no perfil do candidato, na viabilidade do estudo e com equilíbrio de gênero e regional. 

 

Preencha o formulário.